20 de abril de 2013

Radialistas se encontram para discutir o combate a violência contra crianças e adolescentes

1 comentários
Mara Régia fala da importância do rádio na prevenção da violência contra crianças e adolescentes.
Foto: Jardel Vasconcelos/Rádio Liberdade AM 690
      Do dia 19 a 21 de abril de 2013 radialistas de diferentes estados e emissoras de rádio da região norte do Brasil estarão reunidos  em Belém do Pará para discutir a importância do rádio na prevenção da violência contra acriança e adolescentes. 
    A "Oficina de sensibilização de radialistas para prevenção da violência contra crianças e adolescentes" é uma idealização do Ministério da Saúde, por meio da Área Técnica de Saúde da Criança e Aleitamento Materno -ATSCAM/DAPES/SAS, em parceria com a  Fundação Oswaldo Cruz e o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente (IFF/Fiocruz).
   A oficina dar continuidade às ações de prevenção da violência e promoção da cultura de paz e faz parte do projeto, Nas Ondas do rádio a prevenção da violência contra crianças e adolescentes, que também se estenderá aos estados do Nordeste, Amazônia Legal e nas cidades do Rio de Janeiro, Florianópolis e Campo Grande.
    Entre os palestrantes estão a Dr. Rachel Niskier, pediatra coordenadora do núcleo de apoio aos profissionais que atendem crianças e adolescentes vitimas de violência no (IFF/Fiocruz) e Mara Régia di Perna, radialista, responsável pelos programas Natureza Viva e Viva Maria, da Rádio Nacional da Amazônia e Rádio Nacional de Brasília.
     Do Tocantins, participam da oficina sete radialistas, de emissoras públicas, educativas, comunitárias e comerciais. Para Clediston Ancelmo, diretor de jornalismo da Rádio 96 FM de Palmas, a oficina contribuirá para um maior engajamento dos participantes no combate a violência contra crianças e adolescentes.    "Estamos nos capacitando para fazer um trabalho importante no combate a violência das crianças e adolescentes, e em breve os ouvintes do Tocantins vão poder contar com essas novidades na programação local", ressaltou.     
    A oficina resultará  em  peças radiofônicas (radioteatro, spots, entrevista, jingle) que contemplem a temática combate a violência contra criança e adolescente. As produções poderão ser usadas pelos participantes em suas respectivas emissoras.
      
 

Na Trilha do Rádio Design by Insight © 2009